O que é o exame de Punção e Biópsia

 18/05/2021


São importantes procedimentos médicos com o objetivo de se estudar a citologia de uma determinada lesão e de caracterizá-la sob o aspecto histopatológico.

O material obtido através de agulhas minimamente invasivas é encaminhado para um laboratório especializado. O resultado é entregue diretamente para o médico solicitante do exame ou para o próprio paciente.

No INDIC, o procedimento de punções e biópsias é realizado através do auxílio de modernos aparelhos de ultrassom. O paciente deverá assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, pois o procedimento requer anestesia local ou sedação anestésica, dependendo do tipo do procedimento. Nestes casos o preparo prévio será comunicado ao paciente, por ocasião da marcação do exame.

Amostras precisas de células e tecidos

As Punções e Biópsias são procedimentos destinados à coleta de uma amostra de células ou tecidos do seu corpo para testes em laboratório. Procedimentos comuns incluem aspiração por agulha fina e core biópsia, utilizadas na coleta de amostras de tecidos ou fluidos de músculos, ossos e outros órgãos, tais como o fígado ou os pulmões. Em alguns casos, também são realizadas aspirações de líquidos.

Vantagens das punções e biópsias

Esse exame diagnóstico é indicado tanto em enfermidades simples, como as verrugas, como nas mais graves, como o câncer. Em doenças infecciosas a biópsia pode ajudar a determinar o agente causal. Em doenças autoimunes, uma biópsia ajuda a confirmar ou informar as alterações esperadas em órgãos ou tecidos.

Podem ajudar a avaliar a gravidade da lesão e a evolução do tratamento. Em lesões de malignidade suspeita ou confirmada, as biópsias ajudam a estabelecer o grau histológico de neoplasia e a determinar a natureza, taxa de crescimento e agressividade do tumor, ajudando a elaborar o plano do tratamento e a prever o prognóstico da doença.

Quando é indicado?

Quando os exames por imagens não são suficientes para o diagnóstico preciso, a morfologia das células e tecidos depende de uma análise microscópica de amostras retiradas das pessoas.

Assim, o mais comum é proceder-se à biópsia naquelas pessoas com suspeitas diagnósticas de doenças que podem provocar alterações morfológicas nas células e tecidos, como os tumores ou para estabelecer um diagnóstico diferencial entre enfermidades assemelhadas.

Contraindicações:

  • Estado geral do paciente (se é diabético ou não, por exemplo);
  • Hipótese diagnóstica;
  • Lesões com diagnóstico clínico definitivo;
  • Neoplasias de glândulas salivares maiores (parótidas e submandibulares);
  • Melanomas (tumor maligno dos melanócitos);
  • Hemangioma: lesões de vasos sanguíneos.

Preparo:

  • Em alguns casos, é aplicada uma anestesia local.

Tempo de duração:

  • O procedimento dura em torno de 30 minutos, e o prazo médio para obter os resultados oscila entre sete e quatorze dias, podendo chegar a um mês, em casos de exames mais sofisticados.

Como é realizado:

  • Sem a necessidade de internação, aqui na INDIC as biópsias começam com uma adequada coleta do material. O profissional escolher a melhor área da lesão a ser biopsiada, a extensão correta de coleta e o material a ser colhido.

  • No caso de tecidos, o patologista fará fatias microscópicas deles, as tingirá com tinturas especiais e as fixará em uma placa de vidro a ser examinada ao microscópio.

  • As punções e biópsias são orientadas por imagens de ultrassonografia, radiografia, tomografia computadorizada ou ressonância magnética, que ajudam a determinar o local exato em que o material deve ser colhido.

-------------------------------------------------------------
O INDIC – Instituto de Diagnóstico por Imagem de Curitiba possui equipamentos novos, modernos e capazes de oferecer excelente qualidade e velocidade, permitindo muito mais conforto e segurança aos pacientes, possibilitando a entrega do resultado em até 48 horas.
Agende seu exame: 41 3076 1007 ou 41 3076-1008
Agendamento de exames em até 48 horas após liberação do seu convênio.


TAGS