3 exames preventivos essenciais para mulheres

 24/05/2021


Conhecer quais são os exames para mulheres e como eles podem identificar precocemente um problema clínico é muito importante para manter a saúde feminina. Esse comportamento, aliado a manutenção de bons hábitos alimentares e controle emocional, diminui o risco de adoecimento.

No entanto, conforme o avançar da idade, algumas doenças são mais frequentes no público feminino, propiciando complicações na vida da mulher, reduzindo a qualidade e expectativa de vida

Por isso, é essencial conhecer os principais exames para mulheres, manter um registro periódico dos resultados obtidos e comparar com os dados mais recentes para identificar a probabilidade de adoecimento.

Quer saber mais sobre quais são os exames que toda mulher deve fazer? Então fique por aqui e conheça mais sobre essas ferramentas de diagnóstico e acompanhamento!

Afinal, quais são os exames preventivos para mulheres?

Inicialmente é preciso esclarecer que não existe exame que previne uma doença ou condição clínica. O mais prudente é entender como um procedimento que identifica precocemente alterações em determinado estágio de evolução da doença.

Exemplo disso são os exames chamados de preventivos para o câncer. Na realidade, eles indicam se existe uma condição patológica e qual estágio ela se encontra.

Sendo assim, os exames apontarão a situação clínica da paciente, considerando as imagens obtidas, os resultados hematológicos realizados e integrando com outras informações já relatadas pela paciente.

Além disso, alguns exames para mulheres são indicados conforme a faixa etária, o período reprodutivo, antecedentes familiares de doenças graves, uso crônico de medicamentos, dentre outros fatores.

Principais exames preventivos para mulheres

  1. Mamografia
    O exame mamográfico das mamas talvez seja um dos mais doloridos para a mulher, pois o aparelho promove a compressão dos seios em diversos ângulos para conseguir um bom diagnóstico por imagem.

    Esse exame deve ser realizado em clínicas de referência, e uma técnica em radiologia auxilia a paciente sobre a posição mais adequada e o tempo de compressão das mamas até a finalização do exame. Em algumas situações, pode ser necessária a repetição para obter imagens melhores.

    A realização da mamografia é recomendada para mulheres a partir dos 35 anos de idade, ou para aquelas que possuem histórico familiar de câncer de mama antes dessa idade. O exame é realizado no início anualmente, porém, em alguns casos, aconselha-se o controle semestral.

    É importante mencionar que o exame de toque nas mamas, feito pela própria mulher, não é mais considerado como um procedimento eficaz. Isso porque não garante que todas as mulheres o executem corretamente e pode causar uma impressão de ausência de nódulos, e, com isso, a paciente não procura um médico.

  2. Ultrassom das mamas
    O ultrassom das mamas é um exame que pode complementar os resultados obtidos na mamografia. Ele é feito em clínicas ou ambulatórios, e o médico despeja uma quantidade de gel nas mamas da paciente.

    Com a superfície mais úmida, o médico desliza o aparelho de ultrassom em todas as regiões da mama, e uma parte das axilas, para identificar nódulos e petrificações que a mamografia não consegue captar.

    Sendo assim, muitos especialistas sugerem que a mamografia e o ultrassom das mamas sejam indicados concomitantemente para apurar qualquer problema na estrutura mamária e suas adjacências.


  3. Ultrassom transvaginal
    O ultrassom transvaginal é um exame invasivo em que se coloca um pequeno aparelho previamente lubrificado e com preservativo dentro da vagina da mulher. O objetivo é avaliar as estruturas com o colo do útero e ovários.

    Esse exame dura alguns minutos e o médico rastreia estruturas reprodutoras por meio da visualização no computador acoplado ao aparelho, fazendo medições dos ovários, identificando o espessamento do endométrio, dentre outras análises. Nesse procedimento, é possível identificar endometriose, mioma e outras alterações no sistema reprodutivo.

    Ao final, emite um relatório detalhado das estruturas encontradas, anexando as imagens obtidas a fim de facilitar a interpretação e a intervenção dos médicos ginecologistas se houver anormalidades nessas estruturas.


Atenção às solicitações!

A solicitação de exames para mulheres faz parte da rotina médica, sendo indicados para identificação precoce de condições clínicas, avaliação periódica das doenças crônicas e monitoramento de um tratamento. Sendo assim, é fundamental realizá-los conforme determinação médica e manter uma vida e hábitos saudáveis.

-------------------------------------------------------------
O INDIC – Instituto de Diagnóstico por Imagem de Curitiba possui equipamentos novos, modernos e capazes de oferecer excelente qualidade e velocidade, permitindo muito mais conforto e segurança aos pacientes, possibilitando a entrega do resultado em até 48 horas.

Agende seu exame:
41 3076 1007 ou 41 3076-1008
Agendamento de exames em até 48 horas após liberação do seu convênio.